quarta-feira, janeiro 21, 2015



Garotas boas também sangram.


Eu gosto de dias nublados, lápis de olho e músicas tristes. Isso não me coloca pra baixo, pelo contrário, o que pensa me destruir é o que me faz mais forte. Aprendi a não me esconder e nem refrear meus impulsos, porque a minha vida é esta, e posso afirmar que estou vivendo, em todo o sentido que essa palavra pode trazer. Eu amo com a mesma intensidade que respiro e esse amor é por mim, pelas pessoas que me rodeiam e pela vida que eu levo. A verdade é que eu me sinto bem sendo quem eu sou, mesmo com toda essa bagagem emocional e mesmo com todas as cicatrizes que trago. Tudo isso demonstra as guerras internas das quais passei e saí vitoriosa, porque iria me envergonhar? Nunca fui certinha demais, mas também não posso dizer que sou inteiramente má. Vou oscilando entre meus momentos bons e ruins, sempre de acordo com o que me satisfaz. Acho errado viver pelos outros... Não quero ser egocêntrica, sabe? Mas acontece que tem hora que é preciso pensar em você antes de se doar aos outros. Eu só consigo fazer o bem, se o bem estiver dentro de mim. E quem mais além de mim mesma pode ativar isso? Estou dando a cara a tapa e encarando tudo de frente, pois hoje eu sei que eu mereço esta minha felicidade, queiram ou não, nunca fui de me importar com quem torce contra. Caindo e levantando, sem vergonha dos meus defeitos, pois foi ao errar que aprendi a marcar os pontos certos. 

— Por Nanda Doria.

24 comentários:

  1. Sabe eu fico muito mais animada quando entro nos blogs e vejo textos autênticos e cheios de sentimentos verdadeiros..
    Essas coisas sempre me inspiram, me dão prazer em ler!
    Amei o texto e concordo com tudo, aliás fico muito feliz em saber que você pensa assim!

    Beijos ;*

    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que legal Ra, que bom que gostou do meu texto, de verdade, isso me motiva muito ♥ lindona!

      Excluir
  2. Lindo texto! O fundamental de tudo, é se amar, é ter ciência de que merecemos nossa felicidade, de se querer bem, querer os outros bem, e saber que isso deve lhe ser recíproco.
    Amei o post!
    Beijos
    Desfocando Ideias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, devemos gostar de nós mesmas primeiro e depois dar de nós aos outros. A gente merece, né? ♥

      Excluir
  3. Gosto desses posts simples, curtos e que dizem tudo. ♥
    Gostei muita da parte que você diz que faz o bem se o bem estiver dentro de você. Nunca tinha parado para pensar desse jeito. E acho que a melhor maneira de aprender, é errando mesmo. Parabéns pelo post! ;-)

    Beijocas,
    Carol
    www.pequenajornalista.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhhhh Carol linda, que bom que curtiu <3
      Verdade, errar dói, mas a gente amadurece pra caramba!

      Excluir
  4. Gosto!! Gosto disso!! Gosto de pessoas assim, gosto quando eu me sinto assim...

    Vejo muitas pessoas, como vc disse, se doando para os outros antes de estar bem com elas mesmas, isso é sentença para infelicidade...

    Adorei seu texto!

    Bjos
    JuJu
    asbesteirasquemecontam.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Ju, a gente tem que se amar primeiro. Só assim passamos a entender o valor que temos e não deixamos que ninguém nos dê menos do que merecemos.

      Excluir
  5. Gostei do texto. A realização pessoal é a base de tudo. Me lembrou a música Only Happy When It Rains, do Garbage :)
    Boa semana :)
    ;**

    Red Behavior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza ♥
      Não conheço essa música, vou procurar *-*

      Excluir
  6. Ah amiga que texto lindo *-------*
    Eu aprendi com a vida não me esconder também dar minha cara a tapa e ser quem sou ^^
    Beijos ♥ O Melhor de Mim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Miiiiiiiiiiiiiiii, temos que nos amar, nos aceitar e bater de frente, sempre ♥

      Excluir
  7. Parecia que você estava me descrevendo, Nanda. Eu sou o que sou, gostem ou não. Falo na cara, choro, rio e sou inteira pra quem merece.

    beijos
    http://jurodemindinho.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É assim que vale a pena, Laurinha. Ser a gente mesmo, nos amar e aceitar como somos, pra depois esperar que alguém faça isso por nós.

      Excluir
  8. Lindo texto, com frases fortes...adorei!
    Beijos, Jell e Marcelo
    www.urbanoeretro.com.br

    ResponderExcluir
  9. Que texto lindo!
    Pessoal e forte! Amei, sinceramente não só por vc escrever bem, mas pelo sentimento no texto!
    Beijos
    Resenha: Perfume De Hotel - Chile - Quem resiste ao poder do perfume? - PERFUME DE HOTEL #2 - Carla Pachêco
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2015/01/resenha-perfume-de-hotel-chile-quem.html

    ResponderExcluir
  10. me identifico muito! Eu bem compreendo de guerras internas, cicatrizes e vitórias. Garotas boas sangram sim. Diria que sangram muito mais que as más.

    beijo
    beinghellz.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Hellz ♥ eu sangro, mas logo me recomponho. Não sou de sofrer interminavelmente, tenho meus momentos. Mas assim como as coisas boas, as ruins passam também. E a vida segue.

      Excluir
  11. Oi Fernanda, quanto sentimento, pude sentir daqui e realmente passamos por isso em muito momentos de nossa vida.
    Beijos.
    Blog GuriasGata

    ResponderExcluir

 
Juliana Fonseca Webdesign - Layouts para Blogs, Sites e Lojas.